Nem tão lá | Nem tão aqui

“Junto à porta que dá Passagem
Encontrei-te esperando por Mim
Nem tão Lá [Nem tão Aqui]

Mas, na Ausência Implícita
Na Liberdade Abraçada
Nos Entrelaços da Vida
Está a esperança de dias sem Saudades

Onde para o Amor
Não existem Dores
E na liberta sensação do Encontro
Deixar-se embalar por Ventos Interiores

Devagar sem Destino
Em terras jamais Vistas”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s