Menininha ficou

Uma mulher partiu
Partiu nosso coração
No semblante desta mulher
Ainda há compaixão
Seu corpo se foi
Deixando ofuscante o que ficou
Ela é a minha mãe Mãe dos santos e de todos nós
Não haverá outra igual
Em nem outro lugar
Ela será sempre nossa mãe
Mãe Menininha do Gantois
Quando se foi deixou Mãe Creuza para todos nós
Ela é a nossa mãe negra
Iorubá
Mãe Menininha do Gantois

(MILLA DIAS 19/07/1995)

*Ialorixá Maria Escolástica da Conceição Nazareth, filha de Oxum, símbolo da maturidade espiritual e da nossa Bahia, faleceu aos 92 anos em 13 de Agosto de 1986.Atualmente, Mãe Carmen(Filha de Oxaguian-face guerreira e provedora de Oxalá)é a sexta ialorixá quem comanda o Gantois, sucessora de Mãe Cleuza.

**”ESTA POESIA FIZ EM 1995, FOI UMA DAS PRECUSSORAS DENTRE TODAS AS POESIAS E CANÇÕES EM QUE JÁ COMPUS.UMA DEMONSTRAÇÃO DO MEU CARINHO, RESPEITO E ADMIRAÇÃO À ESTA MULHER QUE NOS ENCANTA SEMPRE!

BAHIA

Primícias de um mundo novo
Amaralina a me guiar
Me guia pela Avenida Contorno
Sigo a vida saudando
Minha BahiaBaía de Todos os Santos
E do Senhor do Bonfim
Bom sinal mostrou pra mim
Na mais bela canção:“MAIS DE MIM”
Me fez mostrar quem sou
Sou como o lugar de onde vim
Onde tudo começou minha Bahia
Deixa eu te mostrar mais de mim
Ainda não sou inteira por ser metade
Mas da metade me faço inteira
Por julgar ter felicidade
Seguindo minha vida passageira

(MILLA DIAS 21/07/1999)