Ao que for breve…

Que algo nos torne mais sensível;  mesmo quando a dor causar algum desconforto, seja qual for; de sentimento ou partida, para que tenhamos essa certeza: “Tudo Passa!”

E na incerteza do que está por vir; permaneça apenas o que Fomos, para os que um dia tivemos sincero apreço.

O que Sou, sempre existirá em Mim!

Hoje, abstenho-me dessas brevidades,  incertezas, armadilhas, conexões súbitas, daquilo que povoava em meu ser em conformidade mútua e por algum instante, acreditei ter sido Verdade.

|Milla Diaz